Resenha: Sábado à Noite - Babi Dewet

| 1 comentários

SÁBADO À NOITE

Série: Sábado à Noite, Livro 1

Autora: Babi Dewet | Editora: Generale

Este é o primeiro livro de uma trilogia repleta de amor, música e amizade. Amanda é popular na escola e os amigos do seu amigo de infância são considerados os ‘marotos’ do pedaço por desrespeitarem as regras. Tudo ao seu redor acaba desmoronando quando um amor mal resolvido volta à tona e a sua amizade é posta em prova. Se não bastasse, seu diretor resolve dar bailes aos sábados e uma misteriosa banda mascarada foi convocada pra tocar. Mas suas letras dizem tanto sobre ela… Afinal, quem são esses mascarados de Sábado à Noite?
=== Resenha ===

Acho que faz um pouco mais de um ano em que ouvi falar sobre “Sábado a noite”, este foi o segundo livro que descobri que antes fazia parte de um mundo em que sou extremamente apaixonada; as fanfics. Eu estava louca para lê-lo ainda mais por saber que foi escrita em volta da banda Mcfly, eu gosto muito dos caras, mas não sou fã do tipo que sabe tudo sobre eles, eu apenas escuto suas músicas e me divirto enquanto elas tocam, Mcfly é o tipo de banda que quando eu coloco em meu PC para ouvir tenho que repetir os CDs por horas e horas, muitas vezes eles são a trilha sonora do meu dia.
Eu estava tentando arranjar alguma brecha dos livros que eu tinha que ler para finalmente comprar “Sábado a Noite”, estava bem curiosa de como a história seria desenrolada. A curiosidade acabou se tornando em ansiedade quando uma amiga me falou um pouco sobre o livro, pois ela havia acabado de lê-lo e isto me fez pensar por várias vezes nele, até que se tornou insuportável esperar, fazendo com que eu finalmente cedesse e passasse na frente de alguns outros livros.
Realmente me senti muito triste quando vi que aquele livro não estava tão maduro quanto deveria ter sido, acho que a autora, Babi, poderia ter mudado muita coisa para que ele não ficasse tão com cara de Fanfis, outro ponto que me decepcionou foi o fato de que todos os personagens são muito perfeitos; bonitos e populares com uma família em ótimas condições de vida, isso tirou totalmente a realidade do livro, tornou apenas em mais um clichê de Fanfic, onde nós, seres humanos com nossas imperfeições nunca podemos nos encaixar, também existe o fato de que algumas reações, algumas cenas foram extremamente forçadas, mais uma vez dando cara de Fanfic… Algumas vezes eu fiquei meio embasbacada pensando: “Porque diabos o cara está chorando por algo tão idiota?” Serio gente, isto não é uma reação que uma pessoa normal teria!
E não é só isso…
Por muitas vezes o fato do livro não ter o foco em apenas um casal me deixou cansada com a leitura, até mesmo fato de ter vários personagens me deixou logo no começo bem perdia, ainda mais porque as garotas eram bem parecidas em suas atitudes, em sua perfeição e sua popularidade. Todas eram as rainhas do colégio que os cara ficavam olhando quando passavam ou a escola parava literalmente para verem elas andarem jogando seus cabelos ao vento, aquele vento que só aparece quando é o momento certo para seus cabelos voarem de forma sexy, sabe? Tipo sessão da tarde? Eu ri bastante quando li cenas tão absurdas e forçadas.
O livro tinha tudo para ser muito divertido, mas não sei se pelo fato de ter sido uma fanfic ficou tão bobo. Se o tivesse lido antes nunca teria comprado o segundo volume, mas como eu já o tenho irei ler, também tem o fato de que já li algumas resenhas que falaram que ele está melhor que este primeiro… Veremos… Mas não ponho minha mão no fogo e nem irei apostar nenhum centavo, realmente estou esperando que seja tão bobo quanto este primeiro.

- # -

Não há muito o que contar sobre o enredo; é apenas uma história em que os cinto meninos baderneiros, porém lindos, da escola se apaixonam pelas rainhas, patricinhas, fúteis do colégio. Eles levam alguns foras, tem seus corações partidos e nunca criam vergonha na cara para simplesmente dá um chega para lá nessas garotas para mostrar a elas não são o ultimo biscoito do pacote, além de que existem garotas tão bonitas quanto elas que não tem o prazer de inferiorizar as pessoas. Além disto, ainda há o mistério de quem são os integrantes da banda Scotty ao qual o diretor colocou para tocar no baile todo sábado… Não é muito difícil de adivinha quando o livro é todo um clichê de Fanfic.

- # -

Eu disse que a história tem vários personagens, mas há um casal que é realmente o principal, mesmo ainda tendo mais 4 que tem suas histórias contadas em meio a confusão do principal. Enfim, eu até gostei do casal principal, achei o Daniel fofo e a Amanda uma verdadeira chata que merecia sofrer muito mais do que sofreu… Sério gente! A garota não se decidia de forma alguma, isso chegava a ser maçante!
Por fim, quero dizer que o livro não valeu os quase 40 reais que dei na livraria. Eu daria 20 reais e olhe lá.

https://lh5.googleusercontent.com/-WsKGy4SY_6k/U9RVySnP-BI/AAAAAAAAjTU/JHYo9CphCgo/s296/jessica1.png

1 comentários:

O blog Miih e o Mundo Literário agradece pelo comentário.