Resenha: Confiar - Angeline Sophie

| 0 comentários

CONFIAR

Série: Seguindo em Frente, Livro 2

Autora: Angeline Sophie | Editora: Independente

Depois de idas e vindas, Samanta Gonzales por fim sucumbe à paixão e ao amor que sente por Taylor Vasquez, selando com ele uma união e constituindo a família que sempre desejou. Porém, após quase seis anos de uma harmoniosa relação, o pior pesadelo do passado de Samanta vem à tona fazendo-a declinar emocionalmente. Taylor, imediatamente, se dispõe a cuidar de sua amada esposa, e, juntos, eles tentam superar mais esse empecilho se agarrando aos sentimentos que os unem e sempre lembrando contra qual inimigo terão que lutar. Mas, um segredo obscuro de Taylor Vasquez promete atormentá-lo e prejudicar esse matrimônio, fazendo Samanta duvidar se conhece verdadeiramente o homem que ama... e a única pessoa com a qual ela acreditava poder contar.
=== Resenha ===

Se a vida desses dois personagens já era complicada quando namorava, trazendo para os leitores momento de raiva, assim como também de alegria, tentem imaginar como será a de casados? Bem, todos nós sabemos que uma vida matrimonial não é nada fácil, ainda mais com duas pessoas tão cabeça dura!

“– Com licença, se não se importarem, irei roubar um pouco a minha mulher. – Taylor pronuncia friamente.
– Toda sua. – Victor o responde impassível.
– Tenho certeza que sim. – Taylor faz questão de dar a última palavra antes de me puxar pela mão e me guiar até um ponto distante do jardim, próximo às escadarias que levam à nossa piscina.” Como vocês podem ver o Taylor não deixou de ser ciumentos.

No livro anterior eu fiquei realmente mexida com todos os acontecimentos e neste não foi diferente, porém nele agora temos também a visão de Taylor o que vai ajudar muito em relação a tudo o que ele vai esconder. Estou acostumada com livro que há somente a visão da personagem principal e assim somos levados a ter grandes duvidas sobre o que o seu par andou aprontando, mesmo que vejamos o amor rodeá-los de maneira intensa, porém nossa querida autora fez algo incomum; ela nos mostrou os bastidores por trás de todo aquele segredo, desde o inicio somos levados aos fatos reais do que Taylor esconde, fazendo com que não haja duvida de que tudo está em volto para o bem de Sam e de seus filhos. Eu realmente amei não ter esse mistério que destruiria meu coração, seria terrível imaginar que Taylor faria algo para acabar com o amor de Sam por ele.

“– Me perdoa. – segura meu queixo. – É que não aguento a forma como ele te olha. Ele ainda te deseja. Não o suporto. E... – se cala ao perceber que ia dizer demais.
– O quê?
[...]
– Você está na casa dos vinte ainda, assim como ele. Eu já estou quase com quarenta.
– Taylor, ainda faltam dois anos e dois meses para que chegue aos quarenta.
– Encontrei alguns fios brancos em meu cabelo.” Eu nunca pensei que o Taylor se preocuparia com algo assim, sempre o vi como um homem muito confiante, achei essa parte tão fofa que me deu vontade de abraçá-lo.

O final do livro me fez chorar muito, pois eu me apeguei muito aos personagens e não queria que algo tão ruim assim acontecesse com eles. Taylor não merecia aquilo! Realmente fiquei chateada por Sam ter agido de tal maneira, não sei como ela ainda pode duvidar dele depois de tudo o que aquele homem fez por ela. Sempre tento entender Sam e seu passado, mas... São seis anos juntos com um homem que a mostra diariamente que a ama. Como ela pôde duvidas? Isso realmente me chateou!

- # -

“– O que você viu em mim, Taylor? – sussurro.
– Eu vi em você o que faltava em mim. – beija meu pescoço. – Além do que eu já tinha também, – sorri e roça seu nariz em minha bochecha. – como a ousadia, o orgulho e a teimosia. Quantas vezes preciso te falar ‘você me completa e acrescenta’, para que acredite em mim?” Como a Sam ainda consegue duvidar do amor do Taylor com essas palavras tão lindas?

Seis anos se passam Sam e Taylor tem um casamento feliz agora com três filhos, porém esta felicidade está para acabar com retorno de um passado ao qual Taylor quer esquecer, se não bastasse Sam ainda tem de se preocupar com uma grande fuga que houve na prisão em que seu pai está. Por sua família ela tenta se manter sã além de também tentar levar seu casamento a diante, mas até quando isto vai durar?

- # -

"– Outro pesadelo? – balanço a cabeça. Ele estuda meu rosto antes de continuar a falar. – Eu lido com meu orgulho abdicando por vezes dele desde que lhe conheci, Samanta, acho que já é tempo de trabalhar o seu orgulho e parar de me procurar apenas quando lhe é conveniente.” Ela bem que mereceu isto, quando vocês lerem vão entender porque estou dizendo isto.

Não quis falar muito do livro para não dar spoiler, por isto contei apenas os pontos necessários, mas saibam que este é tão bom quanto o anterior, eu fiquei realmente fascinada mesmo que a Sam tenha me irritado mais em “Confiar” do que em “Seguindo em Frente”, então leitores... Preparem seus corações porque desta vez será mais difícil de aguentar todos os acontecimentos do que foi anteriormente.

Após pegar Eloá dos braços de meu pai, eu a amamento sobre a companhia de Mirian e Luís. Observo-a e aliso sua bochecha, sentindo a contração de sua boca ao sugar do meu leite e torcendo para ele não perder seu efeito diante do álcool que ingeri. Ter ficado gestante dela, assim como anteriormente dos gêmeos, não foi algo planejado. E a dela teve uma influência a mais de Taylor para que se concretizasse, pois o mesmo tentou me convencer a engravidar outra vez, e, não satisfeito com minha recusa, chegou a esconder minhas pílulas anticoncepcionais e trocá-las por pílulas vitamínicas. Ele passou a me dar estas, e eu aceitei seu compromisso achando que ele estava sendo cuidadoso e gentil comigo, assim como é quando acordo todas as manhãs e encontro o creme dental posto na minha escova de dente, e meus cremes de beleza e higiene dispostos sobre a pia.
Porém, sua má intenção foi descoberta por mim quando passei um mês e meio com a menstruação atrasada e ele me acompanhou até minha ginecologista, por sinal, sua cunhada Fátima, e saiu de lá satisfeito e com um amplo sorriso no rosto ao constatar minha gravidez.

Desculpa gente, mas não podia deixar de colocar um dos meus trechos favoritos, eu morri de ri com essa travessura do Taylor!

https://lh5.googleusercontent.com/-WsKGy4SY_6k/U9RVySnP-BI/AAAAAAAAjTU/JHYo9CphCgo/s296/jessica1.png

0 comentários:

Postar um comentário

O blog Miih e o Mundo Literário agradece pelo comentário.